Skip to content

Americano consegue hackear bomba de insulina implantada no próprio corpo

Jay Radcliffe, um americano especialista em segurança digital, conseguiu algo inusitado: ele sofre de diabetes e hackeou uma bomba de insulina implantada no próprio corpo. Ele revelou o feito em um evento especializado em Las Vegas e alertou sobre perigo que isso representa para os pacientes. De acordo com Radcliffe, ao ser hackeada, a bomba de insulina pode ser controlada remotamente. Quem conseguir isso, pode alterar as doses de insulina bombeadas para os pacientes.

A Medtronic, empresa responsável pela bomba, informou que os riscos de um ataque hacker são baixos. Segundo a empresa, cerca de 200 mil pacientes com diabetes usam o dispositivo mas não precisam se preocupar já que, de acordo com ela, um ataque hacker a um dispositivo destes é improvável.

Para Stuart Mc Clure, vice-presidente da McAfee, uma das maiores empresas especializadas em segurança virtual do mundo, a preocupação e o investimento em segurança de dispositivos médicos deve aumentar. A possibilidade de hackear este tipo de produto é um risco cada dia mais iminente.

Posts relacionados:

26 ago 2011 | Postado por em Notícias | 0 Comentários

Deixe seu Comentário