Skip to content

Aprenda a ‘calar’ as vuvuzelas em transmissões de jogos da Copa

Se você se incomoda com o som das tão faladas vuvuzelas, as cornetas que os torcedores tocam o tempo todo durante as transmissões dos jogos de futebol da Copa do Mundo da África do Sul, saiba que existem soluções técnicas para reduzir o ruído delas e garantir mais conforto auditivo.

O responsável por essa façanha é o equalizador, equipamento que divide o áudio em faixas de frequência que podem ser manipuladas, garantindo, assim, uma melhor reprodução do som de acordo com tipo de música ou evento que está sendo transmitido.

Comente esta notícia

Existem discussões na internet sobre soluções via hardware e software para amenizar a tortura aos ouvidos. Nem todas, no entanto, funcionam perfeitamente. Veja algumas opções para se livrar do som das cornetas na TV e ver os jogos da Copa em paz.

Paliativo
Se sua TV vem com equalizador embutido, temos uma boa e uma má notícia: a boa é que, com um ajuste simples, você pode reduzir o som das vuvuzelas. A má é que, diferentemente do que circula pela internet, esse acerto não só não elimina em 100% o som das cornetas como também acaba distorcendo o áudio da transmissão, incluindo a narração e os sons dos jogadores no campo.

Para anular o som das vuvuzelas, é necessário eliminar a frequência sonora equivalente ao som da corneta. Cada som produz uma onda sonora, que vibra em uma determinada frequência. O barulho da vuvuzela produz uma onda de 235 Hertz, ou seja: a cada segundo, a onda sonora criada pela corneta vibra 235 vezes.

Além da frequência original, é preciso também “apagar” as harmônicas, ondas que vibram, por exemplo, numa frequência duas ou três vezes maior que o som inicial. As harmônicas da vuvuzela são, aproximadamente, 466 Hz, 932Hz e 1862Hz.

Nas TVs com configuração de equalizador, o mais próximo que se tem é o ajuste de 300 Hz. A aproximação não é suficiente para acabar com o som das vuvuzelas, e ainda atrapalha na reprodução de outros sons.

Se sua TV não possuir o recurso, também é possível ligar a saída de áudio em um aparelho de som com equalizador para, da mesma forma, reduzir as tais frequências.

Computador funciona melhor
Para eliminar de verdade a frequência e as harmônicas da vuvuzela, a melhor solução é ligar o sinal da sua televisão a um computador. Dá trabalho, mas diferentemente do ajuste do equalizador da televisão, a técnica oferece resultados melhores.

Os sistemas também funcionam para quem utiliza um sintonizador digital para assistir TV no próprio computador.

É necessário baixar alguns programas, todos gratuitos, e fazer algumas configurações para se livrar do barulho da corneta. Confira, passo a passo, o que fazer:

No Windows

Baixe e execute o VSThost. Depois, baixe o plug-in ReaQ ou o Electri-Q, é possível utilizar qualquer um dos dois.  Faça a instalação do plugin.

No VSThost, pressione Ctrl+N e escolha o equalizador do passo anterior (“reaeq-standalone.dll” ou “Electri-Q.dll”). A configuração deve ficar como na imagem abaixo:

Configure o equalizador para diminuir as frequêcias de 235 Hz, 465 Hz, 930 Hz e 1860 Hz. Para isso, clique no símbolo de edição (conforme a seta vermelha na imagem abaixo):

Os valores das bandas de frequências “cortadas” são conservadores, e você pode alterá-los depois se achar necessário, ao escutar os resultados.

Se não quiser configurar manualmente o equalizador, use o plug-in Electri-Q, baixe e descompacte os valores predefinidos do Hendrick. Clique no símbolo de edição do plug-in e, então, dê um clique com o botão direito em Presets, escolha Import Preset e selecione o arquivo.

Depois, configure as portas de entrada e saída de áudio no VSTHost, clicando em Devices e escolha os dispositivos de saída ou execução de som do seu PC.

Pronto. Agora é só curtir o futebol sem o barulho da corneta africana.

No Mac OS X
Instale o Soundflower, extensão do sistem Mac OS X que permite aos aplicativos passarem o áudio para outros programas. Baixe o arquivo, abra e sigas as intruções do instalador.

Depois, mude a entrada e saída padrão de som para o “Soundflower (2ch)”.

Você não vai ouvir nenhum som por enquanto porque a saída for redirecionada para o Soundflower. Depois, baixe o filtro “VuvuzelaFilter”.

Abra o “VuvuzelaFilter.app” e certifique-se de que o dispositvo de entrada de áudio está configurada como “Soundflower (2ch)” e o de saída “Built-In Output”.

Marque o filtro “Filter Vuvuzelas” para habilitá-lo. Fácil assim. Você e seu Mac já estarão livres do “bzzzzzzzzzzz” incessante. Depois, lembre-se de retirar o filtro para ouvir música e ver vídeos, já que o sistema pode provocar distorções.

No Linux Fedora
Uma solução ainda mais sólida, mas só para os mais experientes “aventureiros” no universo Linux. Lembre-se: esses comandos não funcionam em Debian.

Instale o software necessário, no caso o Jack Audio Connection Kit, utilizando o seguinte comando no shell:

yum install jack-rack qjackctl pulseaudio-module-jack ladspa-swh-plugins
gpasswd -a USUÁRIO jackuser

Os comandos devem ser rodados como root e “USUÁRIO” deve ser trocado pelo nome do seu usuário. Seu login também deve ser associado ao grupo jackuser.

Depois, deve-se dar um logoff para alterações entrarem em vigor.

Agora rode o QJackctl a partir do menu Applications (Aplicativos) e comece a configurar o programa. A tela abaixo mostra os parâmetros corretos.

E, finalmente, adicione os filtro ao Jack-Rack. Foi usada uma configuração em série de quatro “Mag’s Notch Filter”. É possível adicioná-los clicando no sinal de “+” no canto superior esquedo da janela do programa. Depois, vá em Frequency -> Filters -> Notch -> Mag’s Notch Filter.

As frequências são  233, 466, 932 and 1864 Hz.

Agora você precisa conectar a saída de som da sua TV ou receptor à entrada de áudio do computador e, então, conectar a saída de áudio do PC a um aplificador ou fone de ouvido.

Alternativamente, é possível fazer a configuração através de linha de comando. Fica assim:

mplayer -af

pan=1:0.5:0.5,sinesuppress=233:0.01,sinesuppress=466:0.01,sinesuppress=932:0.01,

sinesuppress=1864:0.01,sinesuppress=232:0.01,sinesuppress=465:0.01,sinesuppress=931:0.01,

sinesuppress=1863:0.01,sinesuppress=234:0.01,sinesuppress=467:0.01,sinesuppress=933:0.01,sinesuppress=1865:0.01

Se achar configurações ou soluções melhores para acabar com o barulho das cornetas, deixe sua dica nos comentários!

Fonte: G1

Posts relacionados:

18 jun 2010 | Postado por em Notícias | 2 Comentários

2 Comentários sobre “Aprenda a ‘calar’ as vuvuzelas em transmissões de jogos da Copa”

  1. 19 de junho de 2010 às 21:33

    Porque não existe um ajuste nos roubos que são executados por nossos políticos e administradores?
    Ao invés de impedir a CULTURA de um povo ser expressada, ou ainda, achar que algumas milhares de cornetas que são usadasa para festejar a alegria de um povo.

    Deveríamos calar mais com a morte de nossa cultura…

  2. 20 de junho de 2010 às 11:40

    Muito interessante este artigo.
    Tentarei executá-lo quando tiver oportunidade!

Deixe seu Comentário