Skip to content

Foi por pouco tempo, mas durante algumas horas a Apple foi a maior empresa do mundo

[update]Na quarta-feira dia 10 de agosto de 2011 a Apple conseguiu mais um feito histórico. Desta vez, ela não só disputou a liderança de marca mais valiosa do mundo com a petrolífera Exxon Mobil, como também fechou o pregão da NASDAQ como a empresa mais valiosa do mundo. Ao final do dia, a empresa de Steve Jobs estava avaliada em US$339,4 bilhões contra US$332,4 bilhões da Exxon Mobil.[/update]

Foram necessários 35 anos para que a Apple se tornasse a maior empresa do mundo em relação a capitalização de mercado. Na terça-feira, 9 de agosto, as ações da empresa de Steve Jobs atingiram a marca de US$341 bilhões, deixando para trás a Exxon Mobil, companhia do setor petrolífero. Apesar da marca, as duas empresas se alteraram na liderança durante o dia e quando o pregão foi encerrado, a Exxon estava novamente na liderança, como a maior empresa do mundo.

A alternância na liderança do pregão foi motivada pela crise no mercado financeiro. Devido a crise, a Exxon teve as ocilaões de suas ações maiores que as da Apple, e por isso a empresa da maçã conseguiu o feito durante algum tempo. Há pouco mais de 1 ano, a Apple assumiu a liderança do ranking de empresas mais valiosas no setor da tecnologia, superando a Microsfot. Na ocasião, a empresa de Jobs foi avaliada em cerca de US$222 bilhões.

Apesar de não se consolidar como maior empresa do mundo, a Apple passa por um constante processo de valorização. Desde o lançamento do iPod, iPhone e iPad, a empresa se tornou referência no mercado de tecnologia. Nos últimos 5 anos, a empresa de teve uma valorização de 434%. Só no primeiro semestre de 2011, a Apple teve valorização de 13,24%.

Posts relacionados:

  • Nenhum post relacionado
10 ago 2011 | Postado por em Notícias | 0 Comentários

Deixe seu Comentário